1ª edição do ESALQ Mentoring é realizada

Realizado no Edifício Central, da Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” (USP/ESALQ), o ESALQ Mentoring foi criado devido à estreita relação entre a ESALQ e a Associação dos Ex-alunos da ESALQ (Adealq). Foto: Gerhard Waller

0
577

Como parte da programação da 59ª Semana Luiz de Queiroz, o Escritório de Desenvolvimento de Carreiras da USP (ECAR) apoiou a iniciativa da 1ª edição do ESALQ Mentoring. O evento tem a finalidade de fortalecer a relação de ex-alunos com os atuais acadêmicos da Universidade, ajudando-os no planejamento de sua carreira, no refletir das suas potencialidades e na projeção da sua trajetória profissional.

Realizado no Edifício Central, da Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” (USP/ESALQ), o ESALQ Mentoring foi criado devido à estreita relação entre a ESALQ e a Associação dos Ex-alunos da ESALQ (Adealq). Os ex-alunos, que são os Mentores, compartilham experiências e conhecimentos, inspiram e orientam os atuais alunos, os Mentees. A relação entre ambos é fundamentada em confiança e princípios comuns e, a partir do ritmo acordado entre Mentores e Mentees, terá a intervenção do ECAR apenas para acompanhamento e orientação.

A professora da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA/USP), Tania Casado, destacou que o objetivo é fortalecer a carreira e, ainda mais, o vínculo da ESALQ com seus ex-alunos. “Um dos aspectos que sabemos, por meio de pesquisas, é que a figura de um mentor pode ajudar muito, como alguém em que o aluno se inspira. Achamos que fazer um piloto de uma atividade de Mentoring para estudantes seria muito interessante. Isso serve para nos aproximarmos ainda mais dos ex-alunos, que já são profissionais, dos nossos alunos de graduação”, disse Tania.

A 1ª edição do Mentoring foi vista pelo diretor da ESALQ, professor Luiz Gustavo Nussio, como uma atividade positiva para os alunos e para a instituição. “Estamos encarando isso como uma grande expectativa positiva, porque essa é de fato a primeira vez que, formalmente, ex-alunos da ESALQ tem a chance de interagir com nossos alunos de graduação, e poder interferir no processo de treinamento deles. Então estamos abrindo esse espaço, que prevê um mútuo ganho das partes, porque o ex-aluno também ganha bastante com esse relacionamento”, afirmou Nussio.

O Mentee Rodrigo Venâncio Simão da Rocha, do curso de Gestão Ambiental, destacou a importância do ESALQ Mentoring e o contato com os Mentores. “Apesar de ser uma atividade pioneira dentro da ESALQ, é muito importante e gera essa troca de experiência com profissionais que são qualificados na área. Serve como complemento e isso tem muito a acrescentar em nosso currículo pessoal e acadêmico”, disse Rocha.

Para o Mentor José Amauri Dimarzio, ex-ministro interino da Agricultura nos anos de 2003 e 2004, que foi da turma de 1967 de Engenharia Agronômica, é enriquecedor poder contribuir para o encaminhamento dos alunos. “É um fato de extrema importância. Lembro-me quando eu estudava, o aluno tinha muita dificuldade em definir sua carreira e não tinha onde buscar esse tipo de compartilhamento de informações e experiência. Isso vai trazer muitos benefícios para o aluno, mas também para nossa sociedade, porque nada melhor que um profissional se dedicar aquilo que ele realmente quer e deseja e que seja favorável para todos”, concluiu Amauri.

Texto: Caio Nogueira

Deixe uma resposta