Acipi: Para onde vai nossa economia e como podemos nos preparar?

Renomado economista Silvio Campos ministra palestra no dia 16 de abril, na sede da ACIPI

0
202
Foto: Acervo Pessoal

Após um período de recessão, a economia brasileira passa por uma fase de recuperação. Segundo o economista Silvio Campos Neto, a consolidação e intensificação da atual retomada depende, em grande medida, do avanço da agenda econômica reformista e liberalizante defendida pela atual equipe de governo, em meio a um cenário internacional mais desafiador. A partir destas afirmações, o profissional ministra, no dia 16 de abril, às 19h30, na sede da ACIPI, a palestra “Para onde vai nossa economia e como podemos nos preparar?”. Os convites com descontos para associados podem ser adquiridos na Acipi Escola de Negócios.

Publicidade

Tendo como base as premissas e os riscos considerados nos cenários da Tendências, empresa de consultoria econômica integrada da qual Campos Neto faz parte, a apresentação irá expor as expectativas e os desafios para a economia brasileira nos próximos anos. “Mais recentemente, o Brasil tem passado por uma correção dos rumos econômicos, com a retomada de uma agenda de reformas estruturais e de uma orientação macroeconômica responsável, que envolve a busca pelo reequilíbrio fiscal. A intensificação da recuperação da economia nos próximos anos somente será viabilizada caso o governo de Jair Bolsonaro mantenha a atual orientação macroeconômica ortodoxa e seja bem-sucedido em avançar com a agenda reformista e liberalizante defendida pela equipe econômica, em especial a reforma da previdência”, defendeu.

Para a efetiva recuperação da economia brasileira, Campos citou que é preciso transmitir à sociedade e aos agentes econômicos a percepção de solvência fiscal do Estado. “O sentimento de descontrole fiscal amplia as incertezas e afugenta investimentos. Adicionalmente, o Brasil precisa avançar na agenda da redução do custo Brasil, o que envolve a realização de uma reforma tributária, que reduza a complexidade e a insegurança jurídica, além da adoção de medidas concretas de desburocratização. Em linhas gerais, é fundamental melhorar o ambiente de negócios no País, crucial para o aumento da competitividade e da produtividade”, apontou.

Ainda, segundo o economista, o avanço na agenda reformista e liberalizante tende a melhorar a competitividade do setor produtivo. Ele ainda afirma que é fundamental que o setor empresarial acompanhe e compreenda as mudanças que estão sendo implementadas na economia do País, que resultarão em novas perspectivas de negócios e de desempenho econômico. “O bom planejamento das atividades empresariais requer, cada vez mais, estar informado sobre o panorama e as perspectivas econômicas, não apenas do Brasil, mas também das demais economias importantes.”

A palestra conta com o patrocínio do Sicoob Cocre, Unimed Piracicaba e Uniodonto Piracicaba.

ECONOMISTA

Silvio Campos Neto é mestre em economia pela FGV-SP e economista graduado pela FEA-USP. Atuou por seis anos como economista-chefe do Banco Schahin e é professor de macroeconomia das Faculdades Oswaldo Cruz. Economista-sênior da Tendências desde 2011, é responsável pelo acompanhamento de mercados e economia internacional.

SERVIÇO

 Os convites para a palestra estão à venda na ACIPI. A adesão é de R$40,00 para empresas associadas e R$50,00 para não-associadas. Reservas de convites e mais informações podem ser obtidas pelo telefone: (19) 3417-1766, ramal 725, ou por e-mail: contato@escoladenegocios.com.br

Juliana Ferraz
Supervisão de Área Acipi

Deixe uma resposta