Agenda: Exposição Duas Rodas e Uma Nação retrata os 120 anos de motociclismo no Brasil

Com curadoria Motostory exposição acontece de 25 de janeiro a 1º de março 2020 em Socorro

0
336
MATCHLESS G80 - 1948 - que pertenceu a Constante Ceccarelli faz parte do acervo do Moto Classic Museum e estará em exposição na mostra.

“Porque um país só é grande quando ele tem memória, porque um evento só é grande quando ele tem história, porque um esporte só é grande quando valoriza seus ídolos… do passado, para mostrar que tem respeito… do presente, para mostrar que tem futuro!”

Um baú de memórias, uma seleta de contos e histórias que levam o espectador a viajar dos primórdios da criação da motocicleta até a chegada aos dias atuais e a evolução deste veiculo tão apaixonante, libertador, símbolo de rebeldia tanto quanto de pertencimento, um veiculo vivo por si só.

Para chegar a esta exposição foram realizadas muitas pesquisas, muitos arquivos foram revirados, pilotos e entusiastas do motociclismo relembraram e repassaram suas vivências em duas rodas para os “garimpeiros” do Motostory Brasil. Um verdadeiro time formado por quem vive a motocicleta e que inclui nomes como: Carlãozinho Coachman, Wladimir Candini, Justiniano Proença, Mauro Letizia, Wel Calandria, Ricardo Gramani, Alexandre Zaninotto, Marcelo Peixoto e Edgard Soares, além de muitos outros que cederam conteúdo ao Motostory, dos comunicadores aos administradores, dos entusiastas aos colecionadores, diferentes pontos de vista com uma paixão em comum.

Através do mais simples anúncio publicado em um jornal é possível remontar uma época, para os nascidos desde então, lembrar-se da infância e viajar no tempo. Aos mais novos e curiosos, o passado mostra o que já foi feito e permite inspirar um futuro diferente.

Diferentes modelos, propostas, marcas, das menores as maiores cilindradas, da simplicidade genial de popularizar um meio de transporte até as competições e recordes, tudo ganha representação e significado ao percorrer a história da moto através da exposição. Uma seleção de documentos históricos, correspondências e registros diversos, acompanhados de fotos em preto e branco, daquelas tiradas ainda com filme, ou ainda, o fascínio do cinema com as motos, os ideais que ela representa e das pessoas que constroem réplicas de alguns dos ícones das telonas que podem tanto rodar nas ruas como ficar em exposição.

A mostra Duas Rodas e Uma Nação retrata os 120 anos de motociclismo no Brasil e faz parte do projeto Socorro, Destino Duas Rodas e abre o calendário de eventos da cidade no Museu Municipal de Socorro. A Estância Hidromineral de Socorro está a aproximadamente 130km da capital paulista. Consolidada como importante polo do turismo de aventura no Brasil, incluindo opções adaptadas e pet friendly, a cidade que é cercada pela Serra da Mantiqueira quer se tornar também, ponto de encontro dos mototuristas e cicloturistas e, para isso, deu início a este ousado projeto.

Importante ressaltar que o  Projeto Motostory conta com o apoio de Alemão Pneus, Grupo Remaza, Grupo Nacar, Cobreq e 2W (2 Wheels Specialists).

Abertura oficial:   Exposição Duas Rodas e Uma Nação – 120 anos de motocicliso no Brasil

Início:  25 de janeiro de 2020
Término: 01 de março de 2020
Local:  Museu Municipal de Socorro
Endereço: Rua  Antonio Leopoldino, 185, Centro – Socorro/SP
Informações: (19) 3995 8005

Redes Sociais

Facebook: facebook.com/SocorroDestinoDuasRodas
Instagram: instagram.com/SocorroDestinoDuasRodas
Twitter: twitter.com/Socorro2Rodas
YouTube: youtube.com/SocorroDestinoDuasRodas
Site oficial: Socorro.tur.br

Sobre

Estância Hidromineral de Socorro, a “cidade aventura”, polo dos aventureiros especiais, uma das nove a integrar o Circuito das Águas do Estado de São Paulo. Especializada em turismo sustentável, ecoturismo e atividades de aventura. Gastronomia, lazer e a melhor experiência em atividades culturais e passeios cercados pelas belezas naturais da Serra da Mantiqueira. Visitas guiadas ou autoguiadas, certificação pelo Ministério do Turismo, mais de 1300km de caminhos rurais disponíveis ao publico.

Por Vanessa Giannellini Comunicação – VGCOM

Deixe uma resposta