Coronavírus impacta mais da metade do setor eletroeletrônico brasileiro, diz Abinee

Pesquisa aponta que indústrias nacionais vão ficar abaixo da média de produção projetada para o primeiro trimestre. China exporta 42% dos produtos eletroeletrônicos usados no Brasil

0
444
Imagem: eletros.org.br

O coronavírus está impactando diretamente o setor eletroeletrônico brasileiro, uma sondagem feita pela Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee) sobre o impacto da doença na produção do setor eletroeletrônico brasileiro.

A pesquisa apontou que 57% das 50 empresas entrevistadas já apresentam problemas no recebimento de materiais, componentes e insumos provenientes da China, onde está a maior concentração do vírus. O Resultado é 5% maior do que o da pesquisa anterior realizada há duas semanas.

De acordo com o presidente Abinee, Humberto Barbato, a nova pesquisa indica a piora da situação das indústrias que dependem de tecnologias de fora do país e que devem ocorrer paralisações no serviço de algumas empresas asiáticas.

Apesar da situação estar se agravando e 42% dos componentes usados pela indústria eletroeletrônica brasileira são provenientes da China, segundo a Associação, por enquanto, não há risco de falta de produtos acabados, como celulares e computadores, no mercado brasileiro.

Agência do Rádio Mais

Deixe uma resposta