Cosan lança carteira virtual Payly

Com o Payly, usuários poderão fazer pagamentos e transferências em uma infinidade de serviços financeiros sem o uso de cartões ou bancos, apenas usando QR Code.

0
1136
Débora Barros (Gerente de Relações Externas), Juliano Prado (CEO) e Fernando Matias (COO). Foto: Adilson Zavarize

Pagar contas, fazer transferências, saques, recarregar o celular, receber pagamentos… tudo isso, podendo ser feito diretamente do seu celular com segurança, comodidade e principalmente conveniência, sem precisar ter em suas mãos a sua carteira com os seus cartões ou dinheiro físico, apenas usando o seu smartphone e o melhor, sem pagar altas taxas. Essa é a proposta da nova carteira virtual lançada pela Cosan, o Payly.

O app, uma fintech (termo que une as palavras financial e technology e define uma startup para serviços financeiros oferecidos por negócios de base tecnológica), chega ao mercado para oferecer conveniência e praticidade aos usuários, já que dispensa o uso dos bancos, cartões de crédito e débito, bandeira e credenciadoras do processo, integrando diversos serviços financeiros em uma carteira virtual única e o principal: reduzindo drásticamente o custo para o usuário.

Além disso, o Payly é uma ferramenta extremamente vantajosa para os estabelecimentos comerciais que aderirem ao app para receber por seus produtos e serviços, já que a taxa para as transações de venda é de apenas 0,1%, e o prazo para o recebimento é de 1 dia. Se compararmos com as taxas praticadas pelos cartões de crédito (em torno de 2,0% a 4,5%) ou débito (entre 0,7% a 1,5%), a economia gerada é consideravelmente alta. O pagamento é feito através de um QR Code, disponibilizado nas telas do computador, tablet ou smartphone do lojista.

“Estivemos na China a pouco tempo, e lá, 80% dos pagamentos são realizados com o celular. Esse é o futuro e acreditamos nele. E saímos na frente trazendo essa novidade aqui para a cidade de Piracicaba, somos pioneiros nessa modalidade de carteira virtual, já que o Payly não depende de nenhum tipo de cartão. Fizemos todos os testes durante o ano passado, primeiro a fase alpha, e a partir do mês de setembro até agora, a fase beta, nas cidades de Piracicaba, São Paulo e Porto Alegre.”, comentou o CEO da Payly, Juliano Prado. Ainda segundo Juliano, “O Grupo Cosan tem hoje várias empresas atuando em vários segmentos, principalmente em energia e infraestrutura, e vamos gerar uma economia muito grande através do Payly, e é essa economia que queremos levar para os empresários do Brasil, independente do tamanho da empresa ou negócio”, completou.

“O Payly não é apenas uma experiência inovadora por você trocar a carteira que carrega no bolso pelo seu celular. Ela pode ser um canal exclusivo de benefícios e descontos, proporcionando uma experiência única para o usuário, a tecnologia permite isso. Empresas podem realizar o pagamento dos salários e benefícios, ou mesmo em sua relação com outras empresas através do pagamento de produtos e serviços”, explicou o COO Fernando Matias. “A Payly pode ser ainda um instrumento de inclusão bancária. Hoje o Brasil tem mais de 50 milhões de pessoas que por uma série de motivos, sejam eles financeiros ou burocráticos, não possuem uma conta bancária. Com o app você pode mudar essa situação, o processo de cadastramento é simples, não existem taxas para o usuário e acreditamos que ele é um instrumento fundamental nesse processo de inclusão”.

O projeto piloto que já está em andamento em Piracicaba, São Paulo e Porto Alegre/RS passa agora em caráter definitivo, com atualizações conforme as necessidades do mercado. O objetivo agora é alcançar a marca de 1 milhão de clientes até o final do ano.

Além da Cosan, a Payly conta ainda com a parceria do Grupo Ernesto Corrêa da Silva, que detém 25% da nova empresa e foi fundador da Getnet, Embratec, do arranjo Goodcard e do Banco Topázio, que fará a retaguarda do Payly, além da Saque e Pague, rede de autoatendimento e que já tem seus caixas eletrônicos integrados à Payly.

Quem quiser conferir o Payly, pode baixar através da App Store e no Google Play, ou pelo site oficial: www.payly.com.br

Texto e fotos por Adilson Zavarize
BuskakiNews

Deixe uma resposta