CRECISP assina convênio com a Prefeitura de Piracicaba

Através do convênio, o CRECISP fará a avaliação de preços de mercado em transações imobiliárias para a prefeitura de forma gratuita.

0
112
Centro Cívico de Piracicaba. Foto: Adilson Zavarize

Na próxima segunda-feira, dia 14/1, às 16h30, a Prefeitura de Piracicaba firma convênio com o CRECISP (Conselho de Corretores de Imóveis) para avaliação imobiliária da administração municipal. O convênio de assessoria técnica gratuita será celebrado no prédio da prefeitura localizado na rua Capitão Antonio Correa, 2233, Chácara Nazareth.

O objetivo da parceria é facilitar a avaliação de preços de mercado em casos de desapropriações, locações e outras transações imobiliárias envolvendo o poder público municipal. Atualmente, essa avaliação pode durar meses – com a parceria, os pareceres devem ser realizados no máximo 30 dias. O convênio de assessoria técnica gratuita tem duração de um ano e pode ser renovado.

A avaliação levará em conta a localização, tamanho, documentação do imóvel e, por meio dela, é definido o valor de mercado. Há quase dez anos, o CRECISP realiza este tipo de avaliação para diversos órgãos públicos, como o Tribunal de Justiça de São Paulo, o Ministério Público de São Paulo, além de inúmeras outras prefeituras.

José Augusto Viana Neto Foto: Adilson Zavarize (arquivo)

Para o presidente do Conselho, José Augusto Viana Neto, o convênio também possibilitará reconhecimento da sociedade ao serviço prestado pelo setor. Ele afirma que todo esforço é feito com objetivo para valorizar a categoria de corretores e contribuir para o poder público desempenhar sua função com maior tranquilidade.

“Estamos muito entusiasmados com o convênio, e os colegas estão ansiosos para trabalhar e contribuir com a cidade de Piracicaba. Eles exercerão um trabalho voluntário que beneficiará a sociedade. Estamos ansiosos para contribuir o mais rápido possível nesta cidade que tem um papel importante para a economia do Estado”.

Por Departamento de Imprensa do CRECISP

Deixe uma resposta