Feira de Profissões apresenta leque de oportunidades a estudantes de Santos

0
595
Foto: Marcelo Martins

Quando olha para o futuro, a estudante da escola Florestan Fernandes (Embaré), Jéssica Vitória Rosário da Silva, 15 anos, não sabe ao certo se quer estudar engenharia civil ou gastronomia. Já Matheus Silva da Paixão Santos, 16, aluno da EJA (Educação de Jovens e Adultos) na unidade de ensino Mário de Almeida Alcântara (Valongo), tem certeza: tecnologia e robótica são áreas que mais lhe atraem.   

Entre dúvidas e certezas quanto ao rumo profissional, eles estiveram entre os participantes da 4ª Feira de Profissões da Rede Municipal de Ensino de Santos, realizada pela Secretaria de Educação (Seduc) neste sábado (16), no Centro de Formação Darcy Ribeiro, na Vila Mathias.

Um leque de oportunidades de carreiras e cursos oferecidos na região, e informações atualizadas sobre o mercado de trabalho foram transmitidas aos estudantes de 8º e 9º anos do ensino fundamental e da EJA. Teve roda de conversa, workshops, apresentação de música e de circo e oficinas como a de culinária, em que Jéssica participou e aprendeu a fazer massa de nhoque. “Gosto de mexer com alimentos e depois comer sabendo que foi feito pelas minhas mãos”, disse a aluna de 9º ano, que curtiu o evento. “Achei bem instrutivo”.

Morador do Morro São Bento, Matheus circulou por todos os espaços, conheceu várias profissões, mas tem mesmo no universo tecnológico uma aptidão. “Quero criar um dispositivo e um aplicativo no celular que imediatamente acionem o morador de áreas de risco em situações de emergência”, conta ele, também participante do projeto Box Maker, desenvolvido pela EJA, iniciativa que ficou entre as dez finalistas no Festival de Invenção e Criatividade, realizado em março na Poli-USP.

Fazer o que se gosta

Gabriel Ribeiro Corrêa, 20, do Bom Retiro, participou de outra forma. Ex-aluno da rede, trabalhou no evento como DJ, mostrando a outros jovens que é possível atuar com o que se gosta e fazer disso seu ‘ganha pão’. “Ser DJ é uma boa profissão, mas tem que estudar como em qualquer área. Fiz vários cursos, estudei bastante. Por fim de semana faço média de seis festas e toco duas vezes por mês na Jovem Pan”.

O secretário de Educação, Carlos Mota, ressaltou que o objetivo é “proporcionar aos alunos a oportunidade de conhecer novas profissões e trocar informações com profissionais das mais diferentes áreas. Faremos mais ações para que o jovem consiga desmistificar a questão da profissão”.

Slogan vencedor

Na ocasião, “Grave isso em sua mente: é da educação que o seu futuro depende” foi a frase vencedora de concurso promovido pela Seduc. Criada pelo aluno Alexandre Osmário, da escola Oswaldo Justo, ela será o slogan da 4ª Feira de Profissões/2019. O estudante ganhou ingressos para o parque temático Magic City, com direito a acompanhante, transporte e alimentação.

Em 2º lugar ficou Jessica Vitória Rosário dos Santos, da Florestan Fernandes, e, em 3º, Maria Lúcia Silva Leão, da Cidade de Santos. Ambas também ganharam ingressos para o parque. Ao todo foram 200 slogans inscritos de estudantes de 23 escolas. Também foi premiada com ingressos a escola José Carlos de Azevedo Junior, que teve maior número de participantes no certame.

O evento teve participação das seguintes empresas e órgãos: Camps, Senac, Senai, Embelleze, Secretaria de Turismo, Wizard Idiomas, Instituto de Estudos Franceses e Europeus de São Paulo, Universidade Unip, Escola Fortec, Escola Técnica Estadual e Corpo de Bombeiros.

Assessoria de Imprensa
Prefeitura Municipal de Santos

Deixe uma resposta