Festival do Rio anuncia 22 filmes vencedores

Mais de 200 mil pessoas frequentaram o evento que exibiu mais de 60 produções. Foto: Reprodução | Agência Brasil

0
646

O Festival do Rio anunciou, neste domingo (16), os vencedores da edição de 2016 em cerimônia realizada no Auditório do BNDES, no Centro do Rio. Foram premiados um total de 22 filmes, entre as centenas de produções de mais de 60 países, assistidos por cerca de 200 mil espectadores. 

Première Brasil

A seção Première Brasil contou este ano com mais de 50 filmes, entre longas e curtas-metragens. O longa “Fala Comigo”, de Felipe Sholl, foi consagrado com o prêmio de melhor filme de ficção. O filme recebeu o Troféu Redentor, prêmio oficial da Première Brasil, na categoria de melhor atriz (para Karine Teles). “Fala Comigo” é o longa de estreia de Felipe Sholl, e conta a história de um adolescente que possui o fetiche de ligar para os pacientes de sua mãe, que é psicóloga, e se masturbar enquanto ouve a voz da outra pessoa.

O filme “A Luta do Século”, de Sérgio Machado, foi o premiado como melhor longa-metragem de documentário, retratando as histórias dos boxeadores Luciano Todo Duro e Reginaldo Hollyfield. O prêmio de melhor curta-metragem foi para o filme “O Estacionamento”.

O Redentor de Melhor direção foi para Cristiane Oliveira por “A mulher do pai”.

Votação popular

O público também teve a oportunidade de premiar seus filmes favoritos, elegendo para melhor longa de ficção, “Era o Hotel Cambridge”, de Eliane Caffé, para longa documentário, “Divinas Divas”, de Leandra Leal, e “Demônia, um Melodrama em 3 Atos”, de Fernanda Chicollet e Cainan Baladez.

Na mostra “Novos Rumos”, dedicada às primeiras produções de cineastas, expressando novas linguagens e caminhos para o cinema, o prêmio de melhor filme foi para “Então Morri”, de Bia Lessa e Dany Roland, “Não Me Prometa Nada”, de Eva Randolph levou o prêmio de melhor curta, e “Deixa Na Régua”, de Emílio Domingos recebeu o prêmio especial do júri.

A lista completa de vencedores está no site da Ancine.

Fonte: Portal Brasil, com informações da Ancine

Deixe uma resposta