Fiscalização de armazéns públicos teve início nesta segunda-feira (17)

Operação ocorrerá em seis estados; Conab espera vistoriar locais públicos e privados com mais de 217 mil toneladas até o dia 4 de novembro. Foto: Divulgação/Agência Brasil

0
600

A 8ª etapa de fiscalização de estoques públicos da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) começa nesta segunda-feira (17) em Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. A operação acontece até o dia 4 de novembro. Os fiscais da Conab aproveitarão a operação para fazer também o cadastro de novos armazéns nos estados visitados.

Nesta rodada, os técnicos da Conab esperam vistoriar 60 armazéns públicos e privados com mais de 217 mil toneladas de grãos como arroz, milho, feijão e trigo, farinha e fécula de mandioca e café. Os fiscais observarão, entre outros quesitos, as condições de armazenagem e conservação e a quantidade dos estoques armazenados.

Este ano, já foram inspecionadas 4,94 milhões de toneladas de produtos, em 569 armazéns em todo o País. Nas etapas anteriores, 141 técnicos da Companhia apuraram 3,08 mil toneladas de perdas naturais, 65,73 mil t de desvios, 1,33 mil t fora do padrão. Também foram desclassificadas, por perda de qualidade, 31,13 mil t de café e feijão.

Em todos os casos, os armazenadores responsáveis terão de ressarcir a estatal, conforme contrato de perda zero assinado entre as partes. Os desvios são informados ao Ministério Público e à Polícia Federal. Além disso, a armazenadora fica impossibilitada de operar com a Companhia por dois anos e deve restituir o estoque inicial em dinheiro ou em produto.

Fonte: Portal Brasil, com informações da Conab

Deixe uma resposta