Jovens com Síndrome de Down vivem dia de garçom em Limeira

0
348
Foto: Assessoria de imprensa

Dez atendentes com síndrome de Down encantaram os frequentadores de um café de Limeira no último sábado, 6 de outubro. Eles substituíram os funcionários do estabelecimento e atenderam como recepcionistas, garçons e até aprenderam a preparar os pedidos dos clientes.

Os jovens fazem parte da Associação Amigos Especiais de Limeira (AEL), onde participam de aulas de reforço escolar, informática e de dança. O convite para essa atividade diferente partiu da empresária Veruska Ramanauskas, dona do estabelecimento.

Para o trabalho no café, todos receberam tocas e aventais. Antes de os clientes chegarem, a equipe da casa ofereceu treinamentos nas diferentes funções que iriam exercer tanto na cozinha quanto no salão.

Quando o café foi aberto ao público, a expectativa tomou conta dos jovens, que rapidamente organizaram um revezamento para atendimento das mesas. Parte dos jovens apresentava o cardápio e preenchia comandas, enquanto os demais atendiam outros clientes.

Todas as atividades foram acompanhadas pelos funcionários do café. “A equipe adorou. Ver a felicidade deles foi ótimo! Nosso objetivo de promover a inclusão foi alcançado”, contou Veruska.

Marcela Fenga, uma das jovens da AEL, adorou a tarde de trabalho. “Já combinei de voltar nos próximos sábados”, contou enquanto voltava apressada para a cozinha para buscar um novo pedido.

O desempenho dos “novos” garçons agradou tanto que vários clientes deixaram gorjetas. Além disso, o café repassou 10% de cada venda para a Associação Amigos Especiais de Limeira.

Por João Paulo Baxega
Dinamus Assessoria de Imprensa

Deixe uma resposta