Operação da prefeitura de Limeira usa drone no combate à dengue

A operação, que encontrou criadouros do mosquito da dengue em diversos pontos, contou com a ajuda do drone para a fiscalização em locais de difícil acesso.

0
242
Foto: Adilson Silveira

A Prefeitura de Limeira realizou nesta quinta-feira (14), uma operação para inspecionar imóveis com risco à saúde pública. O trabalho contou com a participação da Vigilância Sanitária, Divisão de Controle de Zoonoses, Divisão de Fiscalização de Posturas e Guarda Civil Municipal, que usou um drone para sobrevoar pontos de difícil acesso. Ações similares irão ocorrer nos próximos dias em diversos pontos da cidade, como forma de conter a proliferação do Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya.

Os agentes da prefeitura fiscalizaram um terreno no Jd. Lagoa Nova, onde encontraram larvas de mosquito e grande quantidade de materiais inservíveis acumulados de maneira inadequada. O proprietário do imóvel foi notificado para limpeza do terreno, corte de mato e retirada de materiais inservíveis, em até três dias corridos.

Na sequência, as equipes visitaram a construção de uma caixa d’água no Parque Hipólito, que também apresentava larvas. Os fiscais orientaram o responsável pela obra para aumentar a quantidade de cloro nas canaletas do reservatório.

Foto: Adilson Silveira

Outro local vistoriado foi uma transportadora no Jd. Boa Vista. Com auxílio do drone, foi possível detectar água acumulada sobre vários contêineres. A visita dos fiscais também revelou a presença de larvas em algumas carretas. Houve notificação para drenagem da água dos contêineres. O prazo também é de 3 dias corridos.

Em todos os casos, a Vigilância Sanitária irá emitir Auto de Infração Sanitária por fator ambiental de risco à saúde pública, com base nas leis 10.083/98 (estadual) e 4.853/11 (municipal, alterada pela lei 5.464/15). As infrações poderão acarretar multa de 30 (R$ 795,90) a 150 Ufesps (R$ 3.979,50).

Enfrentamento

Por determinação do prefeito Mario Botion, a prefeitura está intensificando as ações de controle e prevenção ao Aedes Aegypti, incluindo as “Ações Coercitivas” para vistoria e limpeza de imóveis com risco para a saúde pública – como as realizadas hoje. Neste sábado (16), será realizado um “megamutirão” contra a dengue, com participação de aproximadamente 1.200 servidores, sindicatos, escolas públicas e particulares, faculdades, empresas, igrejas, entre outros.

Paralelamente aos mutirões, o diretor de Vigilância em Saúde, Alexandre Ferrari, afirma que o município irá vem seguindo todas medidas preconizadas pelos governos federal e estadual. As principais ações compreendem a vistoria de imóveis para eliminação de criadouros (trabalho denominado casa a casa), a limpeza contínua de áreas verdes, a vistoria de “Pontos Estratégicos” e de “Imóveis Especiais”.

Por Cibele Gianechini
Secretaria de Comunicação Social
Prefeitura Municipal de Limeira

Deixe uma resposta