Piracicaba entrega no domingo, 14/04, o Parque de Lazer do Bongue

Serão realizadas atividades, como aula de yoga e macroginástica e apresentação da banda Lira Guarany, das 8h às 13h

0
218
Foto: Comunicação Pref. Municipal de Piracicaba

A Prefeitura inaugura no domingo, 14/04, a partir das 8h, o Parque de Lazer do Bongue, que será denominado Orlando Louvandini e fica às margens do rio Piracicaba, na avenida Jaime Pereira. Implantado em uma área de mais de 10 hectares, entre os bairros Jupiá e Bongue, o espaço possui estacionamento, pista de caminhada, aparelhos de ginástica, playground, bancos, lixeiras, bebedouros e iluminação ornamental. O parque, fruto de parceria entre a Prefeitura e a Damha Empreendimentos, não teve custo para o município.

A cerimônia de inauguração, para a qual toda a população está convidada, começa às 8h, com aula de yoga. Depois, haverá aula de zumba, com equipe da Academia Bio Ritmo, seguida da apresentação da banda Lira Guarany. Às 10h, acontecerá a entrega e denominação do parque. Depois, tem mais música com a Lira Guarany e aula de macroginástica. Serão instalados no local, brinquedos infantis. As atividades seguem até as 13h.

Brinquedos fazem parte da estrutura do Parque de Lazer do Bongue. Foto: Justino Lucente

O Parque de Lazer do Bongue possui 9,7 hectares de área de preservação permanente e 1,2 hectare destinado ao parque, propriamente dito. Para o prefeito Barjas Negri, o espaço se faz necessário devido ao crescimento da região em que se localiza, a Oeste, que recebeu diversos condomínios. “O Parque do Bongue será um local de lazer e de prática de atividades físicas, para estimular o cuidado com a saúde da população. Está localizado em um ponto estratégico para atender a população do Jupiá, Bongue e de toda a região, que tem ganhado vários condomínios”, disse o prefeito.

Além de possibilitar exercícios e caminhadas, o Parque de Lazer será um espaço para contemplação da natureza e descanso. Nesse sentido, foi pensado um projeto paisagístico pela Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema), em parceria com a Damha. Na área, foram plantados diferentes tipos vegetais, sendo eles arbóreas, palmeiras e grama. A escolha das espécies utilizadas levou em consideração o aspecto visual da planta, ou seja, as texturas – dos caules e das folhas -, a altura, a forma das copas, as cores das flores e folhas e os frutos. Além dos aspectos visuais, foram estudados a ocupação e o desenvolvimento dos elementos arbóreos no espaço, a fim de estruturar e transformar a paisagem urbana. Entre as 20 espécies sugeridas estão o alecrim-de-campinas, sombreiro, embiruçu, sapucaia, jequitibá-rosa e rabo-de-cutia

O intuito é que essas espécies qualifiquem o local e proporcionem sensações agradáveis à população. A quantidade de vegetação utilizada amenizará a temperatura do local, além de proporcionar microclima ideal para o espaço. Vale ressaltar que as espécies selecionadas possuem características ornamentais e, devido à proximidade, da Área de Proteção Permanente (APP) do rio Piracicaba, utilizaram-se espécies nativas.

O estacionamento do Parque de Lazer do Bongue. Foto: Justino Lucente

Outra preocupação foi criar um ambiente para atrair a fauna e atender à população. Por isso, haverá um pomar próximo à divisa do terreno com a área institucional e APP. Nele, serão introduzidos frutos nativos, que não são popularmente conhecidos, como araçá (amarelo e vermelho), cereja-do-rio-grande, abiu, pitanga (vermelha e preta), cajá-manga, entre outros.

Com a inauguração desse teremos 23 parques em Piracicaba, todos utilizados com bastante intensidade pela população, que busca qualidade de vida. É fundamental para uma cidade como a nossa, onde um dos pontos mais importantes é a quantidade de verde. Inclusive, as pessoas que vêm a Piracicaba elogiam as áreas verdes, a arborização das vias públicas e isso é consequência de um projeto de governo que busca a sustentabilidade e a qualidade de vida”, disse José Otávio Menten, secretário de Defesa do Meio Ambiente.

PAIXÃO PELO RIO

Além da entrega do parque, acontecerá também a sua denominação, como Orlando Louvandini. O homenageado era filho de José Louvandini e de Rosa Tornizielo e nasceu em 05 de outubro de 1935, na Vila Rezende. Foi casado com Helena Francisca Ometto Louvandini, com quem teve os fihos José Antonio, Wilson e Helder. Estudou no Senai, onde se formou como torneiro mecânico, em 1954.

Atuou na Polícia Rodoviária, onde chegou a 3º sargento. De 1982 a 1988, trabalhou na Prefeitura de Piracicaba. Louvandini foi um dos fundadores da Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais). Em sua atuação como voluntário, cozinhava em jantares e festas beneficentes, nos quais arrecadava recursos para instituições filantrópicas. Apaixonado pelo rio e pela região da Rua do Porto, morou na avenida Beira até sua morte, em 05 de setembro de 2016.

SERVIÇO

Inauguração e denominação do Parque de Lazer do Bongue Orlando Louvandini, na avenida Jaime Pereira. Domingo, 14/04, das 8h às 13h, com aula de yoga, de zumba e de macroginástica e apresentação musical da banda Lira Guarany. No local serão instalados brinquedos infantis. 

Eleni Destro
Centro de Comunicação Social
Prefeitura Municipal de Piracicaba

Deixe uma resposta