Prime Rib Angus, carne nobre para uma paixão brasileira

0
217
Prime Rib Angus Foto: Luciana Almeida

Olá amigos!

Há quem diga que o futebol e o samba são as grandes paixões do brasileiro, e são mesmo, junto com outra que faz qualquer um até cancelar compromisso: um bom churrasco! Assar uma “carninha” é sempre um bom motivo para reunir a família e os amigos, não importa a data. Por isso, preparei para este mês de fevereiro algumas receitas para você surpreender seus convidados para “aquele churrasquinho”.

Para começar, escolhi um corte pouco usual, mas que vai dar um toque de sabor e classe ao seu churrasco: o prime ribe de Angus, ou, filé de costela com osso. É uma carne premium, macia, com sabor incrível e que possui um nível de gordura excelente.

Vamos lá!

Ingredientes

02 peças de Prime Rib
Sal a gosto
Pimenta do reino a gosto
10g de açúcar mascavo
30ml de azeite extravirgem

Modo de Preparo

Prime Rib é o corte de carne bovina que seria exatamente o filé de costela, é charmoso pois nesse corte tem a carne e o osso, além disso é realmente muito suculento.

Tempere a carne com sal, açúcar mascavo e pimenta moída na hora.

Transfira a carne para uma travessa e regue com o azeite. Leve a grelha (brasa) por aproximadamente 15  minutos. Retire da grelha deixe a carne descansar 5 minutos e sirva com mostarda de qualidade.

Rendimento: 02 pessoas.

Prime Rib de Angus com batata. Foto: Adilson Zavarize

Dica do Chef 1: Asse na grelha algumas batatas embrulhadas em papel alumínio com alecrim, tire e deixe dourar. Embrulhe a ponta do osso com um papel alumínio, vai dar um toque especial. Enfeite com um galhinho de alecrim, e sirva com as batatas.

Dica do Chef 2: Acenda o fogo enquanto prepara a carne, pelo menos 20 minutos antes de levar para grelhar. Assim, terá um braseiro homogêneo e na temperatura ideal. É uma dica que pode sempre usar quando for fazer um churrasco.

Sobre o Chef André Ávila
André é sul-caetanense e descendente de espanhóis, um verdadeiro apaixonado pelos prazeres que sabores e aromas proporcionam ao paladar. Ele traz o conhecimento adquirido em escolas como “Les Ecoles Internacionales Le Cordon Bleu”, de Paris, França, onde recebeu o título de Chef; “Accademia Italina Della Coccina”, Milão, Itália; “Escuela de Gastronomia Instituto Superior Mariano Moreno”, Bogotá, Colômbia, e, “Gato Dum Colégio de Coccinos”, Buenos Aires, Argentina.

Deixe uma resposta