Rio Claro busca novo projeto para substituir Mais Saúde

Objetivo da prefeitura é manter a agilidade no atendimento de quem procura por serviços de saúde.

0
178
Foto: Luciano Caligaris Júnior

O município de Rio Claro começa a se organizar para implantar um novo programa de saúde pública em substituição ao Mais Saúde, encerrado sábado  (30) após fazer mais de 32 mil procedimentos em um ano e meio de funcionamento. O programa recebeu investimento financeiro por parte da prefeitura superior a R$ 4 milhões.

“Foi uma iniciativa pioneira na cidade, que sem dúvida alguma trouxe resultados bastante positivos para a população”, afirma o prefeito João Teixeira Junior, acrescentando que “o atendimento em nossa rede continua sendo feito e mais investimentos serão feitos no setor”.

“Quando iniciamos nosso trabalho em 2017, Rio Claro tinha uma fila de espera de 37 mil procedimentos entre consultas, exames e cirurgias. Trouxemos as carretas da saúde e assim oferecemos atendimento para milhares de pessoas que estavam há anos esperando”, relembra Juninho.

A secretária municipal de Saúde, Maria Clélia Bauer, confirma que haverá continuidade do atendimento. “Sem dúvida, o Mais Saúde foi um ótimo programa. Agora, a cidade tem que dar um novo passo para garantir que mais pessoas tenham acesso aos serviços de saúde”, afirma.

Nesse sentido, a prefeitura também estuda a reativação do centro cirúrgico na UPA do Cervezão e a obtenção de financiamento para outros serviços de saúde no município.

Foi em 15 de setembro do ano passado que a prefeitura inaugurou o Espaço Mais Saúde, complexo médico hospitalar instalado na Avenida 12 com Avenida Visconde do Rio Claro para realização de consultas, exames e cirurgias. A criação do espaço foi viabilizada com a contratação do Cies Global (Centro de Integração de Educação e Saúde), projeto criado em 2008 por Roberto Kikawa, que faleceu em novembro do ano passado.

Em Rio Claro, o agendamento dos pacientes era feito pela Fundação Municipal de Saúde por meio da Central de Regulação de Vagas. Algumas filas foram zeradas. A iniciativa de trazer as carretas para Rio Claro teve o apoio da Câmara Municipal, que em junho de 2017 antecipou a devolução de R$ 1 milhão ao município com o pedido de que os recursos fossem utilizados na saúde. “Certamente foi um dinheiro muito bem aproveitado. O Espaço Mais Saúde cumpriu um papel importante para melhorar a situação da saúde no município”, afirma o vereador André Godoy, presidente da Câmara.

Assessoria de Comunicação
Prefeitura Municipal de Rio Claro

Deixe uma resposta