Seleções de Basquete 3×3 garantem vaga nas semifinais dos Jogos Pan-Americanos de Lima

0
487
Jogos Panamericanos Lima 2019 - Lima (PER) - Coliseo Eduardo Dibos - Basquete 3 x3 - Feminino - Fase Preliminar - Brasil x Venezuela - Foto: Alexandre Loureiro/COB

A Seleção Brasileira Feminina de Basquete 3×3 garantiu vaga na semifinal da 18ª edição dos Jogos Pan-americanos – 2019 e vai enfrenta os Estados Unidos, nesta segunda-feira (29 de julho), a partit das 11h (de Brasília), no Coliseo Eduardo Dibós, em Lima, no Peru, lutando por uma vaga na grande final. Na segunda rodada, a equipe comandada pela treinadora Rafaella Bauerfeldt Lopes obteve uma vitória e sofreu uma derrota, fechando a fase inicial na quarta colocação.

“Merecemos essa classificação, pois foi muito duro e jogamos com o coração. Tínhamos a nossa chance, fomos lá e conseguimos. Agora é outro campeonato e temos dois jogos para buscar uma medalha. Duelo difícil na semifinal contra uma equipe muito forte fisicamente, mas agora é descansar e preparar o corpo e a mente para nossas melhores batalhas. Contamos com a torcida e energia positiva de toda comunidade do basquete”, comentou Rafaella.

O selecionado nacional derrotou o Uruguai, por 20 a 16, com 07 pontos de Carla Lucchini, 06 pontos de Evelyn Larissa, 02 pontos de Luana Ariescha e 05 pontos de Aldecinete Mineiro, na segunda partida. E acabou superado pela Argentina na primeira partida, por 16 a 13, com 04 pontos de Carla Lucchini, 03 pontos de Evelyn Larissa, 02 pontos de Luana Ariescha e 04 pontos de Aldecinete Mineiro.

Na outra semifinal se enfrentam Argentina e República Dominicana, a partir das 11h30 (de Brasília), no mesmo local. De acordo com o regulamento, os vencedores das semifinais se qualificam a final, enquanto os perdedores vão definir o terceiro e quarto colocados.

MASCULINO
Jogos Panamericanos Lima 2019 – Lima (PER) – Coliseo Eduardo Dibos – Basquete 3 x3 – Masculino – Fase Preliminar – Brasil x Estados Unidos – Foto: Alexandre Loureiro/COB

Já a Seleção Brasileira Masculina, conquistou uma vitória e sofreu duas derrotas na segunda rodada, contudo, somando aos resultados da jornada inicial (02 vitórias), também avançou a semifinal, com a segunda colocação. Desta forma, a equipe comandada pelo treinador Douglas Lorite também vai encarar os Estados Unidos, às 12h30 (de Brasília), no Coliseo Eduardo Dibós, em Lima, no Peru.

“Chegamos a semifinal, que era o nosso objetivo inicial; enfrentamos os Estados Unidos na primeira fase e vencemos (20 a 19), mas agora é outro momento, o que passou na etapa inicial ficou para trás. Temos que entrar motivados, já que eles virão mordidos também e temos que manter o padrão que tivemos no duelo que já fizemos contra este adversário, com ainda mais intensidade, já que é semifinal e estamos lutando por medalha. Os nossos atletas já viram que é possível; não tem mistério nenhum e vamos buscar a vaga na decisão”, analisou Lorite.

Na terceira partida do dia, o Brasil passou pela Argentina, por 21 a 16, com 09 pontos de Willian Weihermann, 05 pontos de Jefferson Socas, 01 ponto de Felipe Camargo e 06 pontos de Jonatas de Mello, garantindo a sua classificação.

No primeiro compromisso, o selecionado nacional foi derrotado pela Venezuela, em jogo marcado pelo equilíbrio, por 22 a 20, com 07 pontos de Willian Weihermann, 10 pontos de Jefferson Socas, 01 ponto de Felipe Camargo e 02 pontos de Jonatas de Mello. No segundo jogo, o revés foi diante de Porto Rico, por 21 a 18, com 05 pontos de Willian Weihermann, 03 pontos de Jefferson Socas, 06 pontos de Felipe Camargo e 04 pontos e Jonatas de Mello, em mais uma partida acirrada.

Na outra semifinal jogam Porto Rico e República Dominicana, às 12h (de Brasília), no mesmo local. De acordo com o regulamento, os vencedores das semifinais se qualificam a final, enquanto os perdedores vão definir o terceiro e quarto colocados.

Frederico Batalha
ASE Assessoria de Imprensa

Deixe uma resposta