Síndrome do Túnel do Carpo é mais comum entre as mulheres

0
113

Dor e formigamento na região do punho são sintomas característicos de quem sofre com a Síndrome do Túnel do Carpo. A doença, que afeta os nervos e tendões das mãos, atinge mais as mulheres, como aponta o ortopedista do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos, Agnaldo de Oliveira Jr.

Mesmo sem uma explicação científica para o problema, sabe-se que a compressão do nervo mediano, localizado no túnel do carpo, é a principal causa dos incômodos. Oliveira esclarece que essa reação do organismo é resultado do pouco espaço apresentado na região.

“Por algum motivo, seja por esforço ou questões naturais, as paredes do túnel do carpo (que fica no punho) engrossam e pressionam os nervos e alguns tendões desta área, ocasionando, assim, sintomas, como dor e formigamento”, completa.

O tratamento é direcionado conforme o nível de pressão sobre o nervo, que varia de 1 a 4. De acordo com o ortopedista, nos casos mais graves, quando as dores são praticamente contínuas, a recomendação é o procedimento cirúrgico, a fim de descomprimir o túnel.

Nos casos iniciais, que apresentam sintomas como dor apenas ao se movimentar e durante a noite, anti-inflamatórios e fisioterapia já apontam resultados. “O uso de medicamentos, até mesmo à base de corticoide, ameniza os incômodos. O quadro de inflamação tem resposta de melhora, podendo até mesmo desaparecer”, reforça.

Ignorar o procedimento médico, no entanto, interfere diretamente na qualidade de vida, como salienta o especialista. “Até mesmo no nível mais grave, não ocorre uma piora do quadro, mas, sim, a queda da qualidade de vida, pois é preciso conviver com dores fortes e o formigamento intenso”, finaliza

HOSPITAL EDMUNDO VASCONCELOS

Localizado ao lado do Parque do Ibirapuera, em São Paulo, o Hospital Edmundo Vasconcelos atua em mais de 50 especialidades e conta com cerca de 1.000 médicos. Realiza aproximadamente 12 mil procedimentos cirúrgicos, 13 mil internações, 230 mil consultas ambulatoriais, 145 mil atendimentos de Pronto-Socorro e 1,45 milhão de exames por ano. Dentre os selos e certificações obtidos pela instituição, destaca-se a Acreditação Hospitalar Nível 3 – Excelência em Gestão, concedida pela Organização Nacional de Acreditação (ONA) e o primeiro lugar no Prêmio Melhores Empresas para Trabalhar Saúde – Hospitais, conquistado em 2017.

Rua Borges Lagoa, 1.450 – Vila Clementino, Zona Sul de São Paulo.
Tel. (11) 5080-4000

Tree Comunicação
Mariela Gonçalves | Rhayssa Nascimento

Deixe uma resposta