Tomate e melancia estão mais baratos nas principais Ceasas do país

0
247

Produto de grande uso na culinária brasileira, o tomate é a bola da vez na baixa de preços na maioria dos mercados atacadistas analisados pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) neste início de ano.

O 1º Boletim Prohort registra queda nas capitais Vitória (26,10%), São Paulo (8,37%), Belo Horizonte (7,55%) e Fortaleza (3,29%). “Isso tem a ver com o aumento da oferta de modo geral, as altas temperaturas que aceleraram a maturação e a queda de preços por consequência, que obrigaram o produtor a colocar a hortaliça antecipadamente no mercado”, explica o gerente de Modernização do Mercado Hortigranjeiro da Conab, Erick Farias. “Somente no Rio de Janeiro e em Recife os preços ainda apresentam altas, mas bem menos intensas do que nos últimos meses de 2018”, completa.

Outro hortigranjeiro que o boletim chama a atenção é a alface, que mesmo neste período intenso de calor e chuvas de verão, em meio à produção de pouca qualidade e registro de maior consumo, houve queda de preços de 20,57% e 4,39% nos mercados de São Paulo e Rio de Janeiro e de menos de 1% em Vitória e Fortaleza. Em compensação, as demais hortaliças batata, cebola e cenoura continuaram com a predominância de alta de preços ocorrida nos últimos meses.

Entre as frutas analisadas, a boa notícia é a melancia, que se destacou com os baixos preços registrados na maioria das centrais. “Essa queda veio como reflexo da grande oferta do produto nos mercados”, explica Farias. “Isso ocorreu em virtude da boa produção nas lavouras de São Paulo, Bahia e Rio Grande do Sul, algumas com amplas marcas de produtividade e rentabilidade”. A queda de preços se deu principalmente nas centrais de abastecimento de São Paulo (15,22%), Rio de Janeiro (3,16%), Belo Horizonte (1,65%) e Espírito Santo (0,21%).

O levantamento é feito mensalmente pelo Programa Brasileiro de Modernização do Mercado Hortigranjeiro (Prohort) da Conab, a partir de informações fornecidas espontaneamente pelos grandes mercados atacadistas do país, nos estados de SP, MG, RJ, ES, PE e CE.

Gerência de Imprensa Conab
Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Deixe uma resposta