Vivência Franciscana estreia nesta quinta-feira no Floreia Espaço de Arte, em Piracicaba

Vida de São Francisco de Assis é interpretada pelo ator João Scarpa em espetáculo solo

0
232
Foto cedida pelo Engenho da Notícia

O espetáculo solo Vivência Franciscana estreia nesta quinta-feira, dia 5, no Floreia Espaço de Arte. A peça tem direção de Viviane Palandi e tem interpretação do ator João Scarpa, que está completando 26 anos de profissão. A encenação acontece às 20h.

A apresentação teatral traz à cena passagens da vida de São Francisco de Assis que, ao ouvir o chamado de Deus para reconstruir a Igreja, escolhe servir a pobreza, dando tudo o que tinha para viver apenas na essência da vida, caminhando junto aos esquecidos, vivendo na simplicidade e ouvindo a voz do coração.

Vivência Franciscana convida o público para uma experiência poética preenchida pelos ensinamentos de uma voz que ecoa até hoje: a voz do coração de São Francisco.

Foto cedida pelo Engenho da Notícia
SINOPSE

Como trazer a cena uma expressão de vida tão singular como a de São Francisco de Assis? Como traduzir em gestos e palavras seus ensinamentos profundos e revolucionários?

Foi com essas perguntas que iniciamos o processo criativo do espetáculo solo Vivência Franciscana com a consciência que iríamos apenas tocar em seus ensinamentos, pois, há tantas fraquezas e limitações internas, que vestir a vida Franciscana é um ato revolucionário de uma profunda transformação. Buscando ter essa sinceridade foi mais possível se aproximar de São Francisco, pois íamos até onde o processo deflagrava as limitações; um ator sozinho em cena buscando, numa primeira instância, sua própria conexão com o sentir a vida, para assim abrir espaço para “vestir” São Francisco. Um processo criativo que permeou visitar o húmus – a humildade -, como diz Leonardo Boff, “Francisco não negou o húmus original e as raízes obscuras de onde todos viemos”.  Foi preciso escavar as camadas obscuras que reinam nos recônditos da alma para trazer à superfície o mínimo de uma lapidação do que Francisco vivenciou em suas crises diante das escolhas em nome da paz e da reconstrução da Igreja –  do Templo do coração – pois, antes de ser santo ele foi um homem de tecido humano no qual a inquietação e os dramas os perpassaram na carne para ter aconchego na alma.

Vivência Franciscana é um convite a uma experiência poética em que o ator se desnuda diante dos olhos de quem o vê, desnuda-se diante de uma voz que vibra até os dias de hoje, uma voz que pede paz. Mas que paz é essa que pede Francisco? Pergunta que também ecoa, que incomoda, que ganha tônus e que pede ação. Trazer a obra de vida de São Francisco de Assis à cena é deixar-se ser atravessado por incômodos e, ao mesmo tempo, por uma sensibilidade humana que emociona e inspira; um respiro diante da violência, da solidão humana, da fome, da carência de amor… Um respiro diante a força bruta da vida.

ATOR

Foram precisos 26 anos de caminhada pelos palcos da vida para me sentir encorajado a estar “solo” em cena. Por algumas vezes pensei em encarar essa tarefa, mas, sempre me faltava algo “maior” que me impulsionasse a enfrentar esse desafio. A motivação maior veio através de minha busca interna em direção à evolução, mais como ser humano do que como artista; apesar de acreditar que as duas coisas são indissociáveis. Essa caminhada buscando reconstruir o Templo que habita em mim levou-me a Francisco, o homem, e suas crises e superações que o transformaram em Francisco de Assis, o santo. Não foi uma decisão imediata, mas, que ficou germinando em minha mente e coração até sentir que já não dava mais para apenas desejar; era preciso REALIZAR!

Pesquisas, referências, inspirações, experimentações, sempre sob a batuta da amiga Viviane Palandi que, com seu talento e sua sensibilidade, foi entendendo essas minhas necessidades e me ajudando a transformá-las em alimento para a cena.  A cada momento, uma nova descoberta e a certeza de estar construindo um trabalho recheado de poesia; a poesia que a todo tempo lança luz aos momentos sombrios que transformaram Francisco e que nos transformam a cada instante.

Um amigo perguntou-me se era difícil estar em cena sozinho numa entrega tão intensa durante quase uma hora. Respondi que é laborioso sim, mas, a dificuldade maior está em, a cada situação de adversidade do dia a dia, resgatar a conduta de vida de São Francisco e agir dentro de seus preceitos.

Vivência Franciscana, mais que um espetáculo de teatro, é um momento de realização pessoal que desejo compartilhar com todos que se sentirem tocados a experimentá-la. VINDE!

(João Scarpa)

DIRETORA

A vida de São Francisco é inspiração! Inspira ao desafio que, assim como Cristo, convida à reconstrução interna. Trazer à cena a expressão de Francisco é reconhecer limitações e fraquezas e ao mesmo tempo uma possibilidade de se sensibilizar diante das cruezas e belezas da vida.

Vivência Franciscana nasce das raízes do coração de um ator que celebra 26 anos de caminhada devocional à arte do teatro. Um coração que escolhe a voz viva dos ensinamentos de São Francisco de Assis, voz que ecoa pelo tempo pedindo paz, partilha e doação.

(Viviane Palandi)

FICHA TÉCNICA

Concepção e atuação: João Scarpa
Direção: Viviane Palandi
Dramaturgia colaborativa: Cristiane Costa, João Scarpa e Viviane Palandi
Iluminação: Ricardo Alves
Trilha sonora: João Scarpa e Legal Aleixo.
Operador de som: André Martins
Figurino: João Scarpa
Confecção de figurino: Dante Skall
Arte Visual: Felipe Nunes
Produção: Anelisa Ferraz e João Scarpa
Marcenaria e tratamento de adereços: Júlio Birer
Apoio cultural: Theatron – Marcos Thadeus Produções, Legal Estúdio

Ingressos

Os ingressos podem ser adquiridos no local, antecipadamente o valor é de R$ 15,00. No dia, R$ 30 e R$ 15 meio entrada. Também estão disponíveis por R$ 15,00 no link: goo.gl/2jw5ty

Serviço

O espetáculo tem duração de 50 minutos e a classificação é de 16 anos.
O Floreia Espaço de Arte fica na Rua Maria Manieiro, 77 – Vila Rezende, Piracicaba/SP.
Telefone: (19) 2533-6874.

Engenho da Notícia
Assessoria de Imprensa

Deixe uma resposta