Voluntariado na empresa?

0
686

Muitos ainda não entendem o tal do voluntariado corporativo, achando que serão voluntários da empresa onde trabalham e já deixo claro, antes de falar mais sobre o tema, que NÃO, não serão voluntários da empresa onde trabalham.

O voluntariado é uma grande ferramenta de desenvolvimento pessoal e por que não dizer profissional.

O voluntariado traz reflexões, exercícios práticos que aprimoram nossas relações Inter pessoais, nossas relações com o mundo e principalmente nossa relação com o nosso interior.

Não é à toa que grandes corporações já inseriram em suas anamneses com os candidatos a uma vaga a pergunta sobre o trabalho voluntário que já desenvolveu ou desenvolve.

Os candidatos com este tipo de experiencia são observados de forma diferente visto que tem verdadeiramente um diferencial.

Este diferencial vai fazer, via de regra, que estas pessoas, tenham um olhar diferenciado pelos seus pares, uma visão de consumo com preocupações para a reciclagem e o reaproveitamento, um entendimento dos conflitos humanos mais frequentes e comuns, a preocupação com o meio ambiente mais aflorada, a preocupação com os gastos desmedidos e desnecessários, o cuidado com a saúde própria e do outro e um entendimento maior das variantes do mundo moderno em relação aos deslocamentos humanos e as explorações animais, naturais e também as humanas.

Não que ele entenda profundamente, necessariamente, cada um destes temas, mas tem um olhar para todos eles visto que já se envolveu com causas humanitárias, quaisquer elas que for, certamente abriu seus horizontes para tantos temas não tratados de forma cotidiana, salvo em grandes catástrofes.

Portanto o trabalho voluntario traz benefícios para os praticantes, além de principalmente, fazer com que esta pessoa externe sua sensibilidade para a sociedade e entenda-a muito melhor, tornando-se um cidadão mais preparado para ser um exemplo, junto a sua família, a empresa e a sociedade.

As empresas percebendo isso, hoje já criam programas de engajamento de seus colaboradores em trabalhos voluntários. E NÃO, não serão voluntários da empresa, serão voluntários em uma organização parceira, previamente identificada e validada pela empresa ou na instituição da empresa, mas sempre para prestar serviços a comunidade, nunca para a empresa.

Não importa o marcado ou produto que atenda, jamais um colaborador poderá prestar serviços voluntários há uma empresa com finalidade lucrativa e distribuição de lucros.

Portanto se a empresa onde você trabalha criar ou manter uma ação de trabalho voluntário, minha humilde sugestão, é se inscreva nele, pois certamente a OSC que vai prestar serviço, será uma boa OSC e todo o trabalho foi pensado para que sua experiencia possa ser a melhor, afinal, queremos que você volte e fique no trabalho voluntario.

Sucesso em sua experiencia.

O autor é Roberto Ravagnani, palestrante, jornalista (MTB 0084753/SP), radialista (DRT 22.201), conteudista e Consultor de voluntariado e responsabilidade social empresarial. Voluntário como palhaço hospitalar há 18 anos, fundador da ONG Canto Cidadão, consultor associado para o voluntariado da GIA Consultores para América Latina, sócio da empresa de consultoria Comunidea e curador do site www.varejoconsciente.com.br /  www.robertoavagnani.com.br

Deixe uma resposta