XV de Piracicaba luta até o último minuto e busca empate fora de casa

0
126
Foto: Bruno Freitas | Comunicação Noroeste

O XV de Piracicaba mais uma vez fez um confronto com fortes emoções pela Copa Paulista. O Alvinegro foi até o estádio Dr. Alfredo de Castilho encarar o Noroeste em uma noite de quarta-feira com bastante chuva em Bauru. Com muita luta, o Nhô Quim empatou o duelo em 1 a 1, com o gol anotado por Samuel aos 53 minutos do segundo tempo (Rogério Maranhão inaugurou o marcador aos 22 minutos do primeiro tempo).

Com o resultado, os comandados de Fahel Júnior ficam na terceira colocação do grupo 2, com dois pontos ganhos. O próximo desafio da equipe será novamente fora de casa, no sábado, 11, às 15h00, diante do Desportivo Brasil, que assumiu a ponta da chave, com quatro pontos, após a vitória por 1 a 0 em cima do Rio Claro nesta tarde. O embate acontece no Rocco, em Porto Feliz.

O jogo

Mesmo atuando fora de casa, o XV foi para cima no início de jogo e, aos quatro minutos, Welton Paragua tentou o passe para o estreante Cássio Gabriel na infiltração, mas o toque saiu forte demais. O Noroeste começou a utilizar a bola aérea como arma. Aos oito minutos, depois de cobrança de escanteio, Daniel Bueno desviou de cabeça, porém a defesa quinzista cortou. Aos 17 minutos, Samuel achou bem Romarinho na entrada da pequena área. A bola, no entanto, escapou do atacante.

Cinco minutos depois, os donos da casa abriram o placar. Rogério Maranhão soltou uma bomba, de longe, a bola desviou em Fraga, bateu no travessão e entrou. Ainda na etapa inicial, o Nhô Quim perdeu João Santos por contusão. Gabriel Tonini entrou em seu lugar. O Alvinegro chegava bem até a entrada da área do rival, que fazia bom bloqueio defensivo. Enquanto isso, o time de Bauru chegou mais uma vez com perigo na etapa inicial, aos 35 minutos. Pacheco recebeu pela direita, limpou para o meio e finalizou de esquerda. Leonardo espalmou.

O segundo tempo foi mais movimentado, com chances de gols para os dois lados. O XV chegou em duas cabeçadas após cruzamentos vindos da esquerda, com Welton Paragua e Romarinho, aos cinco e seis minutos, respectivamente. A primeira saiu pela linha de fundo, enquanto na segunda a bola acabou nas mãos de Cairo. O Noroeste levou perigo pela primeira vez na etapa final aos 11 minutos. Daniel Bueno recebeu na área e arrematou forte para defesa de Leonardo.

Aos 15 minutos, dois grandes momentos para o Nhô Quim com Romarinho, que brigou pela bola na risca da pequena área e conseguiu empurrar para o gol. O goleiro evitou o que seria o empate quinzista. Na sequência, o atacante acertou a trave direita. Gindre exigiu boas defesas de Leonardo, aos 22 e aos 24 minutos. Os mandantes tiveram a oportunidade de decidir a partida aos 38 minutos, com Neto, que invadiu a área, driblou o arqueiro e chutou para fora.

O XV não desistia e aos 46 minutos Gabriel Tonini cobrou falta, da entrada da área, no canto direito e Cairo caiu bem para impedir o gol do Alvinegro. Logo depois, um lance polêmico. O árbitro marcou pênalti em Fraga em disputa pelo chão, mas o assistente marcou só escanteio, decisão que foi acatada pelo juiz. Entretanto, minutos depois, a bola sobrou para Samuel pelo lado direito. O lateral-esquerdo bateu de direita, a bola desviou na defesa e entrou, decretando o empate no Dr. Alfredo de Castilho, em Bauru.

Ficha técnica
Copa Paulista – 1ª Fase
2ª rodada
Noroeste 1×1 XV de Piracicaba

Data – 08/08/2018
Horário – 20h00
Local – Estádio Dr. Alfredo de Castilho, Bauru
Árbitro – Douglas Marques das Flores
Assistentes – Leandro Alves de Souza e Jony Shin Iti Kamakura
Quarto árbitro – Alceu Lopes Junior
Gols – Rogério Maranhão aos 22′ 1/T (NOR); e Samuel aos 51′ 2/T (XVP)
Cartões amarelos – 
Rogério Maranhão e Jean Pierre (NOR)

Noroeste – Cairo; Pacheco, Jean Pierre, Junior e Alex Cazumba; Alê, Rogério Maranhão, Gindre (Igor Pimenta) e Leandro Oliveira; Renatinho (Gabriel Esteves) e Daniel Bueno (Neto)   Técnico: Betão Alcântara

XV de Piracicaba – Leonardo; Danilo Melega, João Victor, João Santos (Gabriel Tonini) e Samuel; Fraga, Cássio Gabriel (Agnaldo) e Renan Zanelli (Bruno Oliveira); Rafael Rosa, Romarinho e Welton Paragua   Técnico: Fahel Júnior

Evandro Pelligrinotti
Assessoria de Imprensa XV de Piracicaba

Deixe uma resposta